Portal do aluno

Presidente da Facape recebe Prêmio Excelência em Medicina 

O presidente da Faculdade de Petrolina – Facape, Antônio Habib, acompanhado pelo professor José Alberto Moura, diretor executivo da Facape, recebeu nesta sexta-feira (10) o Prêmio Excelência em Medicina. A solenidade ocorreu no auditório Nilo Coelho e contemplou 30 profissionais da cidade, empresas e instituições.

O evento chega a sua 3ª edição, com a organização do Blog Vinicius de Santana. A mesa de honra foi composta por Antônio Habib, presidente da Facape; pelo Dr. Anderson Armstrong, que representou a Univasf, do hospital Dom Thomáz, Doutor Alan Ribeiro, e o Presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Petrolina, César Durando.

Os convidados foram os representantes de importantes unidades de saúde do município, a exemplo do Hospital do câncer, Traumas, Faculdade de medicina da UNIVASF, Facape, Apami, a Secretaria Municipal de Saúde, e as faculdades privadas que promovem cursos de saúde em Petrolina.

Para a direção da Facape, a premiação é um reconhecimento muito importante, tendo em vista que em 2022 será implantado o curso de medicina da Facape que, além de ser uma grande novidade para o Vale do São Francisco, representa a formação de novos profissionais com foco na assistência à saúde local e que serão qualificados para atender as necessidades da região.

“Para nós, que fazemos a Facape, a jornada foi exaustiva para chegarmos até aqui e ainda não acabou. Mas sentimos orgulho e muita satisfação em colocar a instituição num patamar de excelência, com o diferencial do curso de medicina. Nossa gratidão a todos que reconhecem a importância desse passo institucional não só para a Facape, mas para Petrolina e para Pernambuco. Esse prêmio é para cada professor, cada técnico, cada consultor e parceiros que nos ajudaram nessa caminhada. Nosso compromisso é fazer o melhor”, destacou o presidente da Facape, Antônio Habib, em seu discurso.

Curso de Medicina

A Faculdade de Petrolina começa um capítulo muito importante na sua história de 45 anos no ensino superior do Vale do São Francisco e de Pernambuco. A implementação do curso de medicina da Faculdade de Petrolina é um projeto que começou há mais de três anos, e que tem buscado as melhores referências pedagógicas, metodologias ativas e professores preparados, primando pelo compromisso e ensino de qualidade que são marcas da Facape

O curso teve seu plano pedagógico elaborado considerando o objetivo de formar profissionais para medicina comunitária, que sejam capazes de contribuir para o fortalecimento da Rede PEBA – Rede Interestadual de Saúde do Vale do Médio São Francisco Pernambuco- Bahia, com 53 municípios integrantes. O objetivo é que os profissionais formados pela Facape possam atuar na Região do Vale do São Francisco e suprir as demandas locais.

Além disso, o curso de medicina da Facape também terá um importante impacto social na região, uma vez que o programa de bolsas de estudo, recentemente aprovado na câmara de vereadores do município, vai democratizar o acesso ao ensino superior. A Facape é a primeira Autarquia Municipal de Pernambuco a ter o curso de medicina aprovado e tem trabalhado para a realização do vestibular em 2022.

Assessoria de Comunicação Facape

Formas de ingresso

Vantagens e benefícios

Esta modalidade oferece bolsas para estudantes oriundos de escola pública ou que estudaram em escolas particulares na condição de bolsista. Também estão contemplados servidores da Facape, Prefeitura de Petrolina e seus dependentes.

Para ser beneficiado o candidato deve optar pelo Vestibular Social no ato de inscrição no Vestibular. Ao ingressar na Instituição o estudante tem um desconto total no valor das mensalidades no primeiro ano do curso. Os valores são ajustados semestralmente, de acordo com as regras estabelecidas pelo programa de bolsas.

O aluno que ingressar nessa categoria obriga-se a prestar uma contrapartida de 4 horas diárias de segunda a sexta feira totalizando 960 horas.

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC), que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato. Atualmente a Facape disponibiliza o financiamento para todos os cursos.

Para ser contemplado o candidato deve fazer inscrição no site do FIES e apresentar nota do ENEM.

O CREDIFACAPE é mais uma oportunidade que facilita o ingresso e permanência do aluno na Faculdade. Ao aderir o estudante é beneficiado com um crédito estudantil que financiará 50% do valor do seu curso. O programa beneficia estudantes classificados no vestibular social e não contemplados dentro do número de bolsas reservadas para este público, além de ingressantes com a nota do ENEM, Histórico Escolar, portadores de diploma e estudantes matriculados por transferência externa.

Para dar entrada no financiamento o estudante deve se dirigir a CAD (Central de Atendimento ao Discente) da FACAPE de 8h às 12h e de 15h às 19h. Mais informações no número (87) 3866-3213. 

O Programa Pernambuco na Universidade – PROUNI-PE é destinado à concessão de bolsas de estudo do ensino superior para alunos de baixa renda vinculados a Instituições de Ensino Superior – IES. O PROUNI-PE tem por objetivo a formação de pessoas em nível superior, prioritariamente nos cursos de áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática, através da concessão de subsídio financeiro e do atendimento às demandas dos setores econômicos do Estado de Pernambuco, propiciando melhor qualificação de recursos humanos para a sociedade e inclusão social e laboral para os bolsistas. O processo seletivo dos bolsistas possui como critério de seleção o Enem ou outro exame nacional que eventualmente venha a substituí-lo, sendo a nota de entrada mínima definida em edital.
PODEM PARTICIPAR
As bolsas de estudo serão concedidas a brasileiros e/ou naturalizados, não portadores de diploma de curso superior, cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de 1,5 (um e meio) salário mínimo, ressalvados os casos de complementação pedagógica para bacharéis e segunda licenciatura em áreas afins para professores do ensino fundamental ou médio. Bolsa de 500,00 (quinhentos reais) com contra-partida em participação de programas de extensão e pesquisa na FACAPE.
 Para maiores informações clique aqui

Conheça nossos cursos

Infográfico

Adicione o texto do seu título aqui

Localgrama

Clique na imagem para melhor visualização